Taylor Swift é inocentada após juiz rejeitar acusações do DJ David Mueller

ESC, Taylor Swift, Hair Evolution

Gary Miller/FilmMagic

Saiba detalhes!

Taylor Swift tem participado, nesta semana, do julgamento sobre assédio sexual contra DJ David Mueller. E após alguns depoimentos, o juiz federal concluiu na noite de sexta-feira, 11, que Taylor não foi culpada pelo fato do DJ ter perdido o emprego na rádio KYGO, após as acusações de abuso.

MÃE DE TAYLOR SWIFT CHORA EM JULGAMENTO DA FILHA SOBRE ASSÉDIO SEXUAL

De acordo com o E! News, o juiz concluiu que não havia provas e testemunhas suficientes para culpar a cantora. Mueller estava pedindo US$ 3 milhões em danos para Taylor, que não deve mais pagar esse valor para ele. Na próxima semana, o juiz vai decidir as acusações de Taylor sobre assédio sexual.

TAYLOR SWIFT ADMITE EM JULGAMENTO: “ELE PEGOU MEU BUMBUM POR BAIXO DA SAIA”

Em depoimento, Taylor contou que o DJ pegou no seu bumbum por baixo da sua saia e que “foi uma apalpada muito longa“. Ambas as partes receberão, em média, 60 minutos para as declarações de encerramento. Por enquanto, a cantora não se manifestou sobre o caso publicamente.

Os ex de Taylor Swift

Calvin Harris


    E! Online Brasil

Compartilhar