Fiuk relembra brigas com Fábio Jr. e fala sobre relação com o pai: “Não guardo rancor”


Fiuk interpreta a Ruy em “A Força do Querer” (Foto: Divulgação/Globo)

No ar em “A Força do Querer”, novela da faixa das 21h da Rede Globo, Fiuk relembrou os conflitos que viveu com seu pai, ninguém mais e ninguém menos que o cantor Fábio Jr.

A relação entre os dois só ganhou novos ares após 2009, quando Fiuk apareceu fazendo uma homenagem para o pai no programa “Domingão do Faustão”. No entanto, antes disso, os dois protagonizaram diversos dissabores e ator lembrou uma das brigas com o pai, que bravejou: “Moleque, olha aqui a casa onde você mora e tudo o que você tem. Eu não tinha nada quando comecei ”. Fiuk não deixou por baixo e respondeu: “Lembro que eu disse: “Pode deixar que eu me viro”. E saí. Foi assim que meu pai me ensinou, sem me ajudar. E dane-se! Não guardo rancor. Foi duro na época, mas hoje em dia é gratificante ver que a intenção era ótima”, contou ele em entrevista ao jornal “Extra”.

Fiuk também relembrou que, aos 11 anos, quando subiu em um palco pela primeira vez ao lado de uma banda de punk rock, recebeu a reprovação do pai. “Na hora em que me olhou, ele falou: “Deus me livre, o que é isso?”. Para ser supostamente legal, teria que ter o cabelinho para trás, usar terno e cantar música romântica. Mas eu fazia tudo diferente do que ele queria. Imagina alguém que canta “Alma gêmea” vendo o filho numa guitarrada, fazendo o maior barulho? Pensava: “Será que sigo minha intuição e dane-se o mundo ou será que corro atrás da admiração do meu pai e me esqueço?”. Foi um dilema. Preferi ser feliz a estar pela metade, a troco de um gosto”, revelou.

No ar como Ruy na trama de Gloria Perez, Fiuk falou que não tem medo de críticas: “Só se assusta quem quer. Estou dando a cara a tapa. Consequência sempre vai ser consequência. O jogo da novela é esse: um gosta, o outro não gosta. Não dá para agradar a todo mundo. O objetivo da vida nem é esse. O objetivo é ser feliz e fazer o que gosto. Atuar nada mais é do que viver a cena, e não há um jeito melhor ou pior para isso. Cada um vive de um jeito! A pessoa que me assiste tem a opção de ver ou julgar. Tenho minha certeza. O resto fica na mão de Deus”, disse.

Curta o TV Foco no Facebook!


TV Foco – Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos

Compartilhar